26 Março, 2022 0 Comments

Passadiços do Cerro da Candosa em Góis

Conheço este local há muitos anos e segui virtualmente todo este processo de implementação de mais um Passadiço em Portugal, neste caso os Passadiços do Cerro da Candosa em Góis, perto de Vila Nova do Ceira.

Como já escrevi anteriormente num outro artigo, não sou fã deste tipo de infraestruturas, reconhecendo, no entanto que atualmente e sendo uma tendência nacional, são destinos muitos procurados que podem trazer algumas mais valias a estes locais já de si muito bonitos e interessantes. Quem é fã de passadiços e responsável por ter ido visitar uns quantos, é o meu filho de sete anos e foi precisamente no dia do Pai que escolhi fazer esta visita.

Na chegada e como primeiras notas logo no imediato, a limpeza em todo o espaço isto apesar das cerca de duas dezenas de pessoas que se encontravam na altura aqui, o que indica que estes passadiços têm tido muitos visitantes. Também e muito importante a construção. Muito boa qualidade de construção e segurança. E não é para menos já que em algumas zonas se ultrapassam facilmente vistas com 25m a 30m de altura. Vertiginoso!

Por fim, realço ainda de enorme importância um facto que escapará à maioria. A Junta de Freguesia de Vila Nova do Ceira, promotora do projeto, entregou a construção deste equipamento à empresa Movi Carvalho da Freguesia vizinha de Serpins. É muito importante que se chamem as empresas locais e próximas a cooperarem na implementação destes e de outros projetos estruturantes. Muito bem.

Voltando ao Passadiço, este tem cerca de 1200m (ida e volta). Pode parecer pouco, no entanto tem excelentes miradouros que permitem tirar belas fotografias ao vale do rio Ceira e à extraordinária Garganta do Cabril do Ceira.

Menos positivo, o facto de mais uma vez se construir um Passadiço “por cima” do anterior caminho pedestre. Penso que os “passadiços” poderiam ser mais extensos com recurso a menos madeira. Onde fosse possível caminhar em solo firme não haveria lugar a madeira ou a passadiço. Teríamos assim percursos mais extensos, mais sustentáveis e acima de tudo mais em equilíbrio com a natureza.

Mas vale a pena a visita, os mesmos são visitáveis em apenas uma hora, portanto se estiverem de passagem é uma paragem obrigatória e a não perder.

Em baixo deixo-vos com um mapa de localização, assim como algumas fotografias que tirei durante a minha curta passagem.

Um forte abraço a todos,
Até breve,
Jorge Nunes

14 Agosto, 2021 0 Comments

Nevoeiros de verão, é a oferta de julho

“Nevoeiros de verão” é uma imagem que te conduz para um desconhecido. Uma imagem que te leva a refletir sobre a tua passagem por este mundo e a marca que queres deixar nele.