30 Março, 2024 0 Comments

Queda de neve em Santo António da Neve *Puro Som

Nas profundezas da bela região de Castanheira de Pera, Portugal, um lugar de imensa serenidade e encanto aguarda os visitantes: Falamos do Santo António da Neve em Cabeço do Pereiro, um refúgio montanhoso de incomparável beleza natural e significado histórico. Situado nas imponentes elevações do Coentral, este local oferece uma experiência única, fundindo a tranquilidade da natureza com a rica herança cultural da região.

A jornada até ao Santo António da Neve é uma viagem através de paisagens deslumbrantes, envoltas pela vegetação exuberante da vertente sul da Serra do Coentral / Lousã. Na chegada, os visitantes são recebidos por uma atmosfera de calma e serenidade, onde o ar fresco da montanha e o silêncio apenas quebrado pelo suave murmúrio do vento criam um ambiente verdadeiramente revigorante.

A história deste local remonta a séculos atrás, quando foi construída a Capela de Santo António da Neve, no século XVI. Esta capela pitoresca, erguida sobre as rochas, é um testemunho da devoção religiosa e das habilidades arquitectónicas da época. Os peregrinos visitam esta capela a cada domingo após o dia 13 de junho, dia de Santo António em Lisboa.

Além da sua importância religiosa, Santo António da Neve também desempenhou um papel vital na história da região como um refúgio para aqueles que procuravam abrigo durante períodos de conflito e instabilidade. A sua localização remota e defensável oferecia proteção contra invasões e incursões, tornando-se um ponto de apoio crucial para as comunidades locais. Exemplo das invasões francesas.

Nos dias de hoje, o Santo António da Neve continua a atrair visitantes de muitos locais, seja pela sua beleza natural intocada, pelas trilhos desafiadores, agora com a recente criada Rota dos Neveiros, que serpenteia pela montanha, ou pela oportunidade de conexão com a história e a cultura. Aqueles que exploram este local único podem desfrutar de caminhadas revigorantes através de florestas exuberantes, descobrindo a diversidade da flora e fauna que prospera em tudo o que rodeia este local.

À medida que o sol se põe sobre estas paisagens deslumbrantes, quem visita este pico montanhoso no centro de Portugal, têm a oportunidade de testemunhar um espetáculo verdadeiramente inesquecível: o céu noturno pontilhado de estrelas cintilantes, sem a interferência da poluição luminosa das cidades. Esta visão mágica, combinada com a tranquilidade da noite, cria um ambiente de contemplação e admiração que permanece gravado na memória dos que o testemunham.

Fotografia de Miguel Marques – Visitem o seu trabalho em https://miguelmarquesphotography.com/

Para aqueles que procuram escapar do frenesi da vida moderna e se reconectar com a natureza e com a história, o Santo António da Neve oferece uma experiência verdadeiramente enriquecedora e transformadora.

Dos locais a visitar pelo menos uma vez na vida!

 

3 Dezembro, 2023 0 Comments

Toda a verdade sobre a ida do Homem à Lua

A ida do Homem à Lua, foi resultado de um fascínio e imaginação desde tempos imemoriais. Contudo, foi apenas no século XX que a ideia de enviar o homem à Lua evoluiu de um sonho e imaginação distantes, para um objetivo concreto. O impulso inicial veio obviamente dos próprios avanços da tecnologia e com o advento da exploração espacial durante a Guerra Fria, quando Estados Unidos e União Soviética, competiam por uma espécie de supremacia global e do … cosmos.

Foi então a 20 de julho de 1969, através da missão Apollo 11 da NASA que os Estados Unidos “ganharam a corrida” à União Soviética. Os astronautas Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins tornaram-se símbolos de coragem e perseverança ao realizar a primeira caminhada lunar, desbravando um território até então inexplorado. Até aos dias de hoje apenas doze foram os astronautas que pisaram a superfície da Lua, tendo o último humano pisado a Lua (Harrison Schmitt), em dezembro de 1972, portanto há muitos anos. 

A ida do homem à Lua não apenas expandiu os horizontes da exploração espacial, mas também inspirou gerações a perseguir desafios ambiciosos e a alcançar as estrelas e o cosmos.

 

Mas então porque existe quem acredite que tudo isto é uma farsa?

Que acreditem que milhares e milhares de pessoas, desde Engenheiros e Cientistas de diversas áreas, que estiveram envolvidos nas Missões Apollo, estejam coniventes que uma farsa desta universalidade?

1. Desconfiança na Era da Desinformação: A teoria de que o homem não foi à Lua, que não é novidade, ganhou espaço nesta nova Era marcada pela desinformação e pelo regresso do Homem à Lua já em 2025. Com o avanço da tecnologia e da disseminação rápida de informação, tornou-se desafiante compreender o que é verdadeiro do falso. Muitos cépticos e pouco informados diga-se, acreditam que as imagens e vídeos da missão Apollo 11 foram manipuladas num estúdio, alimentando suspeitas e teorias de conspiração que questionam toda uma veracidade destes eventos históricos.

2. Argumentos Científicos Questionáveis: Alguns cépticos apontam para supostas inconsistências científicas nos registos da missão Apollo. Alegam entre outros, que a radiação no cinturão de Van Allen deveria ter sido mortal para os astronautas. Depois questionam ainda a ausência de crateras causadas pelo módulo lunar e nas diferentes direções das sombras pelo próprio.

3. Conflitos Políticos e Guerra Fria: O contexto político da Guerra Fria também desempenha um papel na propagação das teorias conspiratórias sobre a ida à Lua. Com os Estados Unidos e a União Soviética a competir pela corrida espacial, existe uma ideia de que a NASA teria inventado a missão Apollo como uma “jogada política” para afirmar a superioridade americana. Este, é ainda um cenário que alimenta o cepticismo entre aqueles que veem a exploração lunar como um mero capítulo de rivalidade geopolítica.

4. Dificuldade em Aceitar Conquistas Extraordinárias: O difícil aceitar que a humanidade tenha realizado uma conquista tão extraordinária como a chegada à Lua. Um feito monumental que desafiou as percepções dos comuns mortais sobre o que é, ou não possível.

5. Desafios na Compreensão Científica: A compreensão detalhada da ciência por detrás da exploração lunar pode ser desafiadora e pode levar à desconfiança. Teorias complexas, como a física orbital e as características do ambiente lunar, podem parecer distantes de uma compreensão quotidiana. Esta falta de familiaridade com conceitos científicos pode resultar num cepticismo generalizado.

 

Que contributo podemos dar para combater estas teorias da conspiração não apenas sobre a ida do Homem à Lua, como a da terra ser plana ou outras? 

 

Basicamente, com abordagens multifacetadas, onde a educação e a comunicação têm um papel fundamental pois promovem o pensamento crítico. 

Em baixo deixo-vos com dois vídeos caso queiram aprofundar melhor os vossos conhecimentos sobre a ida do homem à Lua. Demonstram, principalmente em termos fotográficos que todas estas teorias, não passam disso mesmo, teorias. Um abraço e até já!

 


 


6 Março, 2022 0 Comments

Xisto do Vilar volta a ver a luz do dia

O xisto do Vilar no concelho de Pampilhosa da Serra, volta a ver a luz do dia. Estava “escondida” desde 1954 pelas águas do rio Zêzere e pela construção da Barragem do Cabril. Reaparecem as ruínas praticamente setenta anos depois em consequência da seca extrema que assola o nosso país.

Apesar de conhecer bem o local, não me recordo de ver as águas “tão lá em baixo”. Talvez por isso a romaria de curiosos / turistas que têm rumado até aqui para uma volta de domingo e assim descobrirem pedaços de vida daqueles que tiveram de  partir quando a água da barragem chegou.

A imagem deste mês de fevereiro é então um pequeno pedaço de história desta aldeia. Um pedaço que partilho com todos de forma gratuita. Um monumento em xisto com provavelmente mais de 100 anos, marcado recentemente pela intromissão dos visitantes.

 

GOSTAVAS DE TER ESTA IMAGEM HISTÓRICA?

Subscreve aqui!

 

Dados técnicos da fotografia:
Abertura: 7.1
Velocidade: 1/60
ISO: 100
Flash: Não

7 Outubro, 2021 0 Comments

Um dia numa praia da Normandia há 122 anos

E por falar em vídeos com 100 anos. Deixo-vos em baixo uma relíquia visual a 4k com 60 fps do saudoso ano de 1899 numa praia da Normandia.

13 Maio, 2021 0 Comments

Histórias do Rali de Portugal – Vascão 2013

Passado praticamente um ano, volto novamente com histórias do Rali de Portugal. Nesta história, trago-vos a fantástica classificativa do Vascão, realizada a um sábado, 13 de abril do saudoso ano de 2013

9 Maio, 2021 0 Comments

Um puro véu natural, é o wallpaper de maio

Um puro véu natural, é uma fotografia tirada em abril a um açude que servia de apoio a um moinho de água que existia ali logo ao lado. Esta pequena queda de água, criada pelo Homem na Ribeira das Quelhas, fica muito próxima da sua foz. Existem imensos moinhos, todos eles infelizmente em ruínas em toda esta zona e num raio de 5 a 6km. Todo um património esquecido no tempo, que poderia muito bem ser também ele impulsionador de um turismo em rede ou mesmo de apelo ao investimento privado. Embutidos nos dias de hoje, de uma forma tão natural e pura, são destinos obrigatórios de contemplação única. Estes moinhos eram todos eles no fundo, uma estrutura de aproveitamento da energia cinética da água que permitiam a moagem de cereais e produziam assim, a farinha.

 

Dados técnicos da fotografia:
Abertura: 16
Velocidade: 1/3
ISO: 100

Quem se encontra subscrito na minha rede, já recebeu o respetivo link para descarregar esta fantástica fotografia e assim ficar com um Ambiente de Trabalho mais Zen. Não me canso de realçar que a fotografia não tem qualquer marca d’água.

Caso ainda não tenhas subscrito a minha newsletter, podes ainda receber esta imagem totalmente gratuita e de uso livre.

Subscreve a minha newsletter aqui!

Aguardo o teu contacto!

Até já,
Jorge!

20 Abril, 2021 0 Comments

Já é possível observar a evolução da Terra nos últimos 37 anos

A Google anunciou que já é possível observar a evolução da Terra nos últimos 37 anos. Através do Google Earth e de um novo recurso intitulado de Timelapse, é agora possível observarmos muitas dessas mudanças que ocorreram no nosso Planeta ao longo de 37 anos, devido tanto às alterações climáticas como ao “nosso” comportamento no planeta.

 

Para explorares o Timelapse no Google Earth, tens apenas de aceder ao site e procurar pela barra de pesquisa. Estás pronto para assim escolher qualquer área do nosso planeta.

Até breve, saúde!
Jorge

 

28 Março, 2021 0 Comments

Console Wars – Documentário para os fãs da SEGA

Como grande fã dos anos 80 onde se inclui o fascínio pelo início da era dos vídeo jogos, Console Wars foi um documentário que me chamou de imediato à atenção, sendo que, apenas ontem o consegui ver.

16 Novembro, 2020 0 Comments

Mapa real do Mundo

Derivado desta situação, o artista e arquiteto japonês Hajime Narukawa desenvolveu um mapa, intitulado AutaGraph. Este mapa, tem as proporções reais e precisas entre os países e continentes.

19 Agosto, 2020 0 Comments

Dia Mundial da Fotografia 2020: Imagens para a eternidade!

Hoje, quarta-feira dia 19 de agosto, é comemorado o Dia Mundial da Fotografia. Imagens que passaram a ficar para a eternidade num dos instrumentos mais …