19 Agosto, 2022 0 Comments

Arte Digital (Fabien Barrau) – Fotografia

Falo em concreto de Arte Digital em Fotografia.
Mas e o que é Arte Digital? Arte Digital é basicamente uma composição artística cuja a sua criação é maioritariamente baseada no uso da tecnologia.

17 Agosto, 2022 0 Comments

O Mundo sem Humanos – Documentário

O Mundo sem Humanos, é uma simulação de como seria o Mundo se de um momento para o outro os Humanos desaparecessem da face da Terra.

19 Junho, 2022 0 Comments

Aplicações web que não exigem a criação de uma conta

Bom para aliviar um pouco esse pensamento, lanço aqui uma solução de aplicações web que não exigem a criação de uma conta ou registo. O nosignup.tools.

14 Abril, 2022 0 Comments

Oferta Pascal de abril – wallpaper

Estamos a chegar ao domingo de Páscoa e como tal, a oferta deste mês de abril, relativa a março, é também ao mesmo tempo, a minha oferta a condizer com esta época do ano.

Posso desde já adiantar que esta imagem acompanha-me no meu computador, há já duas semanas. É uma imagem com um contraste fabuloso que favorece quem utiliza muito o computador diariamente. É também uma imagem “abrileira“, ou seja, transmite a frescura e a humidade típica do mês de abril, pelo menos de um abril de outros tempos.

Esta fotografia foi obtida num dos meus locais favoritos para fotografar. É um local em que rapidamente acedo num curto tempo que tenha disponível. Neste caso foi pela hora do almoço. Muito rapidamente, escolho dois ou três locais, monto o tripé e … acreditem! Sai sempre algo de extraordinário pelo obturador da máquina fotográfica.

Deixem a vossa opinião quer por email quer pelas redes sociais. Tenho ou não razão?

Tudo de bom, uma Feliz Páscoa para todos! Até ao próximo mês, saúde!

 

Dados técnicos da fotografia:
Abertura: 9
Velocidade: 1/2
ISO: 100
Flash: Sim
Data: 23 de março

 

GOSTAVAS DE TER ESTA IMAGEM COMO FUNDO DE ECRÃ DO TEU COMPUTADOR?

Subscreve aqui!

26 Março, 2022 0 Comments

Passadiços do Cerro da Candosa em Góis

Conheço este local há muitos anos e segui virtualmente todo este processo de implementação de mais um Passadiço em Portugal, neste caso os Passadiços do Cerro da Candosa em Góis, perto de Vila Nova do Ceira.

Como já escrevi anteriormente num outro artigo, não sou fã deste tipo de infraestruturas, reconhecendo, no entanto que atualmente e sendo uma tendência nacional, são destinos muitos procurados que podem trazer algumas mais valias a estes locais já de si muito bonitos e interessantes. Quem é fã de passadiços e responsável por ter ido visitar uns quantos, é o meu filho de sete anos e foi precisamente no dia do Pai que escolhi fazer esta visita.

Na chegada e como primeiras notas logo no imediato, a limpeza em todo o espaço isto apesar das cerca de duas dezenas de pessoas que se encontravam na altura aqui, o que indica que estes passadiços têm tido muitos visitantes. Também e muito importante a construção. Muito boa qualidade de construção e segurança. E não é para menos já que em algumas zonas se ultrapassam facilmente vistas com 25m a 30m de altura. Vertiginoso!

Por fim, realço ainda de enorme importância um facto que escapará à maioria. A Junta de Freguesia de Vila Nova do Ceira, promotora do projeto, entregou a construção deste equipamento à empresa Movi Carvalho da Freguesia vizinha de Serpins. É muito importante que se chamem as empresas locais e próximas a cooperarem na implementação destes e de outros projetos estruturantes. Muito bem.

Voltando ao Passadiço, este tem cerca de 1200m (ida e volta). Pode parecer pouco, no entanto tem excelentes miradouros que permitem tirar belas fotografias ao vale do rio Ceira e à extraordinária Garganta do Cabril do Ceira.

Menos positivo, o facto de mais uma vez se construir um Passadiço “por cima” do anterior caminho pedestre. Penso que os “passadiços” poderiam ser mais extensos com recurso a menos madeira. Onde fosse possível caminhar em solo firme não haveria lugar a madeira ou a passadiço. Teríamos assim percursos mais extensos, mais sustentáveis e acima de tudo mais em equilíbrio com a natureza.

Mas vale a pena a visita, os mesmos são visitáveis em apenas uma hora, portanto se estiverem de passagem é uma paragem obrigatória e a não perder.

Em baixo deixo-vos com um mapa de localização, assim como algumas fotografias que tirei durante a minha curta passagem.

Um forte abraço a todos,
Até breve,
Jorge Nunes

6 Março, 2022 0 Comments

Xisto do Vilar volta a ver a luz do dia

O xisto do Vilar no concelho de Pampilhosa da Serra, volta a ver a luz do dia. Estava “escondida” desde 1954 pelas águas do rio Zêzere e pela construção da Barragem do Cabril. Reaparecem as ruínas praticamente setenta anos depois em consequência da seca extrema que assola o nosso país.

Apesar de conhecer bem o local, não me recordo de ver as águas “tão lá em baixo”. Talvez por isso a romaria de curiosos / turistas que têm rumado até aqui para uma volta de domingo e assim descobrirem pedaços de vida daqueles que tiveram de  partir quando a água da barragem chegou.

A imagem deste mês de fevereiro é então um pequeno pedaço de história desta aldeia. Um pedaço que partilho com todos de forma gratuita. Um monumento em xisto com provavelmente mais de 100 anos, marcado recentemente pela intromissão dos visitantes.

 

GOSTAVAS DE TER ESTA IMAGEM HISTÓRICA?

Subscreve aqui!

 

Dados técnicos da fotografia:
Abertura: 7.1
Velocidade: 1/60
ISO: 100
Flash: Não

12 Fevereiro, 2022 0 Comments

Floresta invernal é a oferta do mês de janeiro

É neste inverno atípico que estamos a atravessar, um inverno sem chuva e ameno que surge esta imagem. “Floresta invernal” numa opinião muito pessoal, transmite a magia do inverno. Árvores despidas de folhas perante uma tonalidade vermelha e alaranjada assim como um misto de verde pinho e relva de serrania.

Este, é por si só um lugar a visitar. É um dos vários lugares mágicos da Serra da Lousã situado em Castanheira de Pera.

 

Dados técnicos da fotografia:
Abertura: 7.1
Velocidade: 1/100
ISO: 100
Flash: Não
Data: 20 de janeiro

 

GOSTAVAS DE TER ESTA IMAGEM COMO FUNDO DE ECRÃ DO TEU COMPUTADOR?

Subscreve aqui!

 

Tudo de bom, saúde e até ao próximo mês,
Jorge Nunes!

8 Fevereiro, 2022 0 Comments

A importância da cibersegurança em 2022

Se até ao período pré-pandemia onde já vivíamos digitalmente conectados este conceito de cibersegurança era ainda desconhecido da grande maioria de nós, após a pandemia, deixou de ser assim.

10 Janeiro, 2022 0 Comments

Dois caminhos – Oferta do mês de dezembro

Dois Caminhos é uma imagem do início do mês de dezembro do ano que acabou de passar. É sobre um espaço “em construção”, um espaço em “crescimento”.

30 Dezembro, 2021 0 Comments

Votos para 2022

Votos para 2022 – À medida que a nossa linha do tempo aumenta e ao olhar para o nosso passado, o mesmo, vai ficando preenchido de memórias. É importante mantemos vivas essas nossas memórias. É importante não esquecermos de onde viemos e é igualmente importante não esquecer todos os nossos momentos que nos vão identificando enquanto Ser, para assim continuarmos a edificar o nosso Eu.

 

A breves “instantes” de dar entrada um Novo Ano, anseio que o mesmo seja concretizador de ideias e vontades baseado em convicções como a seriedade e sustentabilidade.

Estes são os votos do vosso amigo, Jorge Nunes