Nenhum produto no carrinho.

Nenhum produto no carrinho.

25 Abril, 2020 0 Comments

Já te sentiste perseguido(a) por um anúncio na Internet ?

 

Vamos imaginar o seguinte:

O teu nome é Anabela. É verão e foste a uma praia ou a um outro complexo de piscinas, para passar uns dias com a família ou amigos. Na chegada ao teu alojamento, pesquisas nas redes sociais ou num motor de busca por “cerveja fresca”. Fazes a tua pesquisa e guardas logo os três primeiros resultados que te surgiram. No dia seguinte, logo após teres saído do teu alojamento, recebes uma notificação no teu smartphone ou num outdoor exterior digital com a seguinte mensagem: “Olá Anabela, hoje a cerveja na Ilha está com um desconto de 15%. Aproveita!”.

Repara que este estabelecimento com o nome Ilha, não tinha sequer surgido na primeira página de resultados que a Anabela tinha feito no dia anterior. Com esta técnica, este estabelecimento arranjou uma forma simples e eficaz de se antecipar aos outros três concorrentes. Estás a ver potencialidade deste tipo de markeeting? Chama-se marketing de localização. Isto é o expoente máximo, de seres  perseguido por um anúncio. Mas é apenas um exemplo, para te dar uma ideia do mais arrojado e inovador que existe por aí e que dentro de muito em breve será possível encontrares.

Mas o que te acontece com maior frequência enquanto fazes a tua navegação pela internet, após pesquisas por determinados sites, assuntos ou produtos, é que nas horas ou dias seguintes, começas a ser “bombardeado” com anúncios relacionados ao que estiveste a ver. Aqui falamos de Remarketing.

O que é Remarketing?

Como o nome indica, remarketing significa voltar a fazer marketing, sendo que a intenção é que tu, após teres demonstrado um interesse num determinado produto por exemplo, sintas mais uma vez interesse por ele. Este é um dos exemplos, no entanto o mesmo é aplicado ao envio de emails a relembrar uma determinada promoção que quase, quase compraste mas ficaste pelo cesto das compras no site da loja. Quantas vezes pesquisaste pela compra de uma determinada marca de televisão, e nos dias seguintes te sentiste perseguido pela TV? Ou uma capa para um telemóvel, ou uma peça de roupa?

O Remarketing tem o objetivo de aumentar as conversões ou seja vendas. Parte do pressuposto simples que  raramente fazes a compra logo após uma primeira pesquisa ou uma entrada na loja online. Este tipo de marketing, permite que tenhas um contacto mais íntimo com a loja levando a que ponderes de uma forma mais “amigável” e “pessoal”, a compra.

 

Então mas isto não viola a minha privacidade?

Com o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados em vigor para a União Europeia desde 2016, todos os sites que tu acedes tem a obrigação legal, entre outras, de te informar sobre a sua política de privacidade e questionar o uso de cookies no teu computador. Um cookie é um pequeno ficheiro ou pacote de dados enviado de um site para o teu navegador. Cada vez que tu visitas o site novamente, o teu navegador envia de volta o cookie para notifica-lo do que tu fizeste anteriormente. Os cookies para além de serem concebidos para serem confiáveis, também o foram para aumentar a eficiência e melhoria da navegação. É nos cookies que fica o registo da tua atividade, como passwords gravadas, produtos que adicionaste ao carrinho de compras em uma lojas online, links que visitaste anteriormente, entre outros.
Portanto é nesta questão dos Cookies, que reside a chave. Respondes SIM, e aceitas ficar “habilitado” a ser “perseguido(a)” por um ou mais anúncios na internet. Tão simples quanto isto.

 

E tu, já te sentiste perseguido(a) por um anúncio na internet?

 

Sente-te livre para comentar! Alguma dúvida ou questão sobre esta ou outras matérias, estou inteiramente ao vosso dispor.

Subscreve a minha newsletter para não perderes nenhum destes conteúdos. Até breve!

 

 

 

7 Outubro, 2015 0 Comments

Livros do Google: Pesquise e Surpreenda-se !

O Google Livros ou Google Books é uma ferramenta de trabalho ou lazer por vezes descurada, no entanto cada vez mais as suas valências têm de ser levadas em conta. O Google Livros é um Serviço que identifica textos completos de obras literárias, ou seja quanto efectuamos uma pesquisa neste serviço, a google apresenta-nos até três resultados tendo como apoio na visualização as próprias páginas dos livros em questão. Por questões de direitos autorais a google limita em tamanho do texto e páginas visualizáveis, no entanto já existem imensas publicações completas.images.livrariasaraiva.com.br

Na imagem acima, capa do livro “Como fazer Turismo de qualidade a Baixo Custo” pode clicar, abrir numa nova página e ler a obra completa sem qualquer custo. Como cheguei até este livro? Pesquisei no “Google Livros” por “Coentral”. Este foi um dos resultados, mas cheguei a outros como por exemplo esta obra 1762, “Mappa de Portugal Antigo e Moderno” por Joao Bautista de Castro, de onde se retiram os seguintes textos:
“Pera – He rio menor que o Zêzere onde se embebe cerca a Villa de Pedrógão e utiliza a de Figueiró com a copia de seu peixe Deste rio se lembra Camões”. Referência à Ribeira de Pera e também ao Altar do Trevim ou conhecido apenas de forma comum como Trevim, como se pode ver a seguir. “Altar de Trevim. He huma serra que fica no termo da Louzã, demasiadamente áspera , e empinada , de cuja eminência se avistaõ muitas Villas, e Lugares , que causaõ aos olhos agradável perspectiva. Tem muita caqa, ecria porcos montezes, e lobos, •naó sem prejuízo dos gados que por alli pastaó.”
Fantásticos trechos que se podem ler, sem sair do nosso lar. Muito mais há para ler neste livro, recomendo que o façam.
Penso terem ficado com uma melhor percepção do uso que podem então fazer do Google Livros. Boas pesquisas e boas leituras a todos !

 

 

0
Your Cart
  • No products in the cart.